BRASIL, Mulher, de 26 a 35 anos, E-mail: paixaoprimeiravista@gmail.com
MSN - paixaoprimeiravista@hotmail.com

 

   

    UOL - O melhor conteúdo
  Ame Livremente - super blog para a comunidade gay!


 

 
 

   

   


 
 
Manual Sobre Vivência



Quer compartilhar sua história de vida comigo? Meu e-mail é paixaoprimeiravista@gmail.com

Mantenho sigilo do seu nome, preservo sua identidade e então nós conversamos sobre o que você quiser. Pode confiar! :)

_______________________________________________________________________________________

Amigas, estou eu aqui de novo neste sábado lindo!!

Temos HOJE, em São Paulo, uma super balada com um som incrível, promovido pela amiga Cella Toledo, a quem tive o prazer de conhecer, e pelas suas amigas! É o

CAFÉ PARA ELAS!

 

Meninas, esqueçam tudo o que vocês ouviram falar das festas voltadas para o público feminino...nada se compara ao Café para Elas!!!

Se vocês quiserem se acabar, por favor, se acabem lá!

Noooosssssa!! Musicão, super badalada, não se vê confusão, tudo muito organizado...aí eu vou até nos detalhes...a Sonique, casa onde acontece a festa de hoje, é um lugar hiper limpo, agradável...vocês podem ter conhecido muitas festas animadas, mas como Café, não...vocês ainda não conhecem!

Minha gente, é um oceano de felicidade!! kkkkkkkkkk

Você enlouquece ali dentro...gente bonita, animada...música top! O local da festa de hoje é Sonique, uma boate muito gostosa, perfeita...climatização cem por cento, bebidas deliciosas, amei! Recomendo total para todo mundo...boys and girls everywhere...por mim, pegaria o primeiro vôo de volta a São Paulo e me acabaria na pista...!!!

Vou colocar umas fotos da festa aqui para vocês terem uma idéia do prejuízo, se vocês não forem..!!

                                              

Essa é a deej da noite! Cella Toledo.

Monte de gente...tem uma à esquerda de bandana vermelha, gracinha.....rsrsrsrs

Para não perder o costume, ói ela de novo...

E este é o Sonique...muito bom!!!!

Aaaaaaaaaaaaamooooooo!!!

 

informações
1 ANO DE CAFÉ PARA ELAS + PARADA LGBT!
Venham comemorar DUPLAMENTE com a gente!

Dia 4 de junho de 2010 foi a data em que nasceu a festa, no Sonique, sábado da parada! Um sucesso!
Após 1 ano de muita música, público lindo e animadíssimo, dj´s incríveis , casas variadas, só temos a agradecer por vocês fazerem da festa a delícia que vem sendo!
...

Guardem dia 25 DE JUNHO na agenda e venham ferver com a gente!

À partir das 22h00! #cheguemcedoparaevitarfilas

LINE UP #aiquedelicia
DJ CRIS VILLELA (DJ convidada - SP)
DJ VAN VILLAZ (Residente - SP)
DJ ANA SERRONI (DJ convidada - SP)
DJ CELLA TOLEDO(Residente - SP)
DJ ANNE LOUISE (DJ convidada - SALVADOR/
FESTA BENDITAS - SAN SEBASTIAN)


VALORES #mandemnomepralista
Das 22h00-23h00:
R$ 15,00 bonus bar, mulheres somente, com nome na lista: cafeparaelas@gmail.com

Sem nome na lista ou à partir das 23h00:
Mulheres: R$ 20,00 entrada ou R$ 40,00 bonus bar.
Homens: R$ 30,00 entrada ou R$ 60,00 bonus bar.

Esperamos vocês por lá!

Qualquer dúvida, nos avisem!

Bjo nosso!

Stella Campaner, Cella Toledo e Duda Hering




Hora
Hoje às 22:00 - Amanhã às 05:00

Localização
Sonique Bar
Rua Bela Cintra, 461 - Consolação
São Paulo, Brazil

Meninas, o seguinte é esse: se não for para ir ao Sonique, fica em casa....quem estiver em São Paulo ou more numa cidade próxima, vale muito a pena!! Nenhum lugar, hoje, vale mais a pena que o Sonique!

E quem tiver uma super mala para enfiar outra dentro, pode me chamar que eu vou escondidinha!

E tirem muita foto que eu quero ver todas!!!!!

Aaaaah....quem achar essa danada, pode me mandar e-mail, porque a saga continua!!! Essa aí embaixo estava no Sonique e está sendo procurada pelo FBI (Federal Bistrô of Imagination)....kkkk Eu achei até muito parecida com a da bandana lá em cima!

BOM SÃO JOÃO, MENINAS!!!!

KIKA



Escrito por Kika às 15h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Amigas,

Espero que o São João tenha sido...ou esteja sendo, sei lá, muito bom para todo mundo!!

Eu não disse a vocês sobre Orkut, Facebook e essas coisas que a gente possui...mas eu tenho os dois!

Vocês me encontram no Orkut através do link: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=10630482301881938891

Estou no Facebook e você me encontra nesse link: http://www.facebook.com/update_security_info.php#!/profile.php?id=100002183483389

Vocês podem adicionar, que sempre que alterar o blog ou assim que criar o site, mando para vocês o link de tudo.

Tenho uma novidade para contaaaar...teremos uma seção no blog somente para aconselhamento jurídico! Caso vocês tenham dúvidas, podem mandar para o blog!! Teremos uma colunista somente para resolver essas broncas aí!!

Enquanto isso, amigas, vou trabalhando nele...tá ficando uma graça..!

Com relação à história de Maura, aquela mocinha que teve que sair de casa, recebi algumas mensagens de amigas preocupadas com ela. Fico feliz pela iniciativa de vocês, que não conhecem a Maura e, como eu, estão se mobilizando para ajudá-la. O coração agradece toda a bondade que temos para dar a alguém..!

Com relação à história de hoje, é um menino que nos escreve. É. Eu achei tão diferente, que resolvi publicar a história logo no sábado!

"Bom dia, meu nome é Will**, tenho 20 anos e sou estudante de engenharia**. Minha colega de sala me mostrou esse blog pq ela é sapinha, e me mostrou pq ela deve saber que eu sou gay, ou pelo menos desconfia como todo mundo, mas como você é uma pessoa solícita e responde as perguntas das pessoas, eu gostaria também de fazer uma pergunta. Não me aceito muito como gay, mas já tive relações com pelo menos uns 5 homens diferentes desde que me entendi como gay. Eu espero que me responda porque eu sou homem mas tenho que saber de uma mulher entendida porque já perguntei até pro meu psicólogo, mas ele não é mulher então pode não ter a mesma opinião que você. Enfim, minha pergunta é:  eu sou gay, já tive alguns relacionamentos que não deram certo, mas continuo afim de homem. Essa minha colega da minha sala é lésbica e tem  vários relacionamentos, inclusive simultâneos. Eu me sinto altamente atraído por ela, tem um quê nela de sexy, não sei se é o jeitão de pegadora sapa, não sei o que ela tem que me encanta. Já me peguei sonhando mil vezes, dormindo e acordado com ela. Nunca me atraí por mulher, acho uma chatisse a tal da feminilidade mas tô totalmente entregue pelo meu coração. Ela nunca vai ficar comigo pq ela tem nojo de homem, o que eu faço, falo com ela? Agradeço se me responder. Ela é leitora assídua do seu blog e sei que ela pode me identificar por aqui, mas assumo todo o risco, pq não pode ficar ruim um relacionamento de amizade e o máximo que posso receber é um não bem redondo dela, é o que eu acho. Atenciosamente, Will**. "

Amigo,

Sua situação é menos complicada do que você pensa que realmente é...o negócio é que você está inserido no problema, se é que isso é um problema, e a gente que tá aqui fora, lendo sua história, tá vendo que não tem muita confusão, não...

Amigo, independentemente de você ser homem ou mulher, eu leio sua história da mesma forma e respondo, sim, se possível for. O que me interessa é ter amigos e compartilhar experiências, você é bem vindo da mesma forma.

Da maneira como vejo sua experiência, o que me vem à cabeça é o fato de você não se aceitar. Dentro da sua cabecinha, você é um cara que poderia não ser gay. Quem seria seu passaporte para fora desse contexto? Uma mulher, evidentemente. Mas não poderia ser qualquer uma...ela deve ser meio assim...bofinho, sabe...? Meio menininho, porque as meninas femininas não lhe agradam...as meninas mais masculinizadas lembram muito os meninos, então você estaria com um menino...mas dentro de você aceitaria mais porque se trata de uma mulher...

CONFUSO???

Meu amor...não fique. Pense direitinho...pensa nela sem roupa...pensa no dia a dia...nas coisas de mulher, nas conversas dela com você...nas noites juntos...nos finais de semana, nos filhos que poderiam ter, na família constituída. Se isso tudo lhe apetece, então a probabilidade é que você, de fato, seja bissexual. Acredito que nada disso venha à sua cabeça. Acredito mesmo. Acho que você tem seus pensamentos em mulher...aliás, em mulher, não..nessa específica mulher, porque ela deve ser um tipo bonito, mas masculinizado (eu não tenho nada contra, hein...). Eu, por exemplo, sou bastante feminina, uso saias, vestidos, biquine, lingerie, salto alto...duvido que você olhasse para mim com aqueles olhos de desejo que você deve lançar para ela.

Meu amigo...o fundamental é que você pare e pense. Será que é isso mesmo que eu quero...? Será que estou carente e ainda por cima tenho a rejeição a mim próprio, procurando consertar o que acho errado na minha vida, em busca de alternativa? Principalmente, meu amor, será que você não está querendo um alvo impossível, como uma mulher, que é lésbica, que se interesse por um cara gay, como justificativa para você se manter conectado a um objetivo que, dentro de você, você sabe que jamais alcançará?

Quero muito que você me escreva de volta, amigo...e você é bem vindo nesse nosso espaço...é um espaço feminino, de fato, mas todos são bem vindos, inclusive e especialmente você, que me procurou com tanto jeitinho... ;)

Beijo grande e fica bem!

Kika



Escrito por Kika às 13h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Bom dia, queridas...

Hoje eu venho mostrar um pouco da história de Maura**...

Gostaria da opinião de vocês nos comentários dessa história, que é simples, mas interessante.

"Kika boa tarde, meu nome é ***, tenho 18 anos acabo de completar e minha família e eu nos desentendemos. Disse que amava minha amiga mesmo que a gente ainda não tenha nada, dentro de mim eu sinto que sou lésbica mas não tenho a certeza pq nunca fiquei com mulher. Disse isso pra minha família e a reação não poderia ser pior. Fui colocada pra fora de casa faz uma semana estou na casa de uma amiga. Não tenho trabalho não tenho como me virar me sinto perdida. Ela me mostrou seu site e eu fiquei animada pra ouvir uma palavra amiga alguma orientação. Não sei o que fazer, me diz alguma coisa Kika não quero pedir pra voltar mas estou sofrendo muito."

Ai, minha querida...

Primeiramente, sinto muitíssimo o ocorrido...o problema de abrir pra família é somente um: compreensão. Não é amor ou carinho ou qualquer tipo de afeto, é só compreensão. Se eles amavam, continuam amando. Não amando, continuam não amando. O problema é compreender ou não.

Talvez você tenha sido sóóó um pouquinho precipitada, amiga...você diz que ama uma amiga, nunca ficou com mulher...como você diz assim...sem ter a certeza das coisas? Primeiro, tenha certeza. Pense. Reflita. Fique sozinha. Aproveite esse tempo para pensar na sua vida, nos seus gostos, seu passado afetivo...geralmente deixamos marcas na vida que fazem com que tenhamos alguma pista sobre o que efetivamente somos.

Faça programa só...está na casa da sua amiga? Que bom que você tem uma amiga para isso...há pessoas que são expulsas e nem têm para onde ir...uma conhecida minha se prostituiu depois que foi expulsa de casa. Você não precisa passar por sofrimentos desnecessários. Sua história é complemtamente outra, acredite!

Você é uma menina nova, tem uma vida inteira pela frente. Arrume um emprego. Procure se virar! Tem Carteira de Trabalho? Se não, vá a um posto, procure providenciar uma logo. Mostre aos seus pais que você está procurando trabalho para se virar, eles verão que você vai conseguir, logo voltará para casa. Certamente lhe chamarão e você ouvirá um sermão qualificado. Entenda seus pais. Não discuta com eles. Eles têm uma visão diferente da sua e foram criados de forma adversa. Têm valores e princípios que, embora também os tenhamos, eles estão moldados no modo de vida atual, que evoluiu no tempo.

Já lhe falei que um dia, há muuuuuuito tempo...quando eu era criança, eu achava que as doenças do mundo eram causadas pelas relações homossexuais? Menina, você não acredita...eu era criança, a TV mostrava cada vez mais a AIDS surgindo e se propagando no meio homossexual, os jornais se preocupavam em dizer que Beltrana e Fulana, homossexuais, brigaram numa delegacia por conta de ciúme...e que isso só poderia ser "coisa de sapatão", era a isso que eu assistia nos jornais, era isso o que eu lia nas revistas...homossexuais eram pessoas barraqueiras, altamente afetadas e estereotipadas, propagavam doença no mundo e eram falsas por natureza. MAAAAS, como o conhecimento é a nossa maior arma contra a ignorância, procurei ler, me informar....e vi que eu ignorava muitas coisas, inclusive sobre o modo de vida das pessoas que curtiam namorar pessoas do mesmo sexo.

Baixei minhas orelhinhas...compreendi o mundo à minha volta...tive dezenas de amigos gays....dezenas mesmo, senão centenas...muitas pessoas que me ensinaram na vida que o preconceito é uma opinião desprovida de conhecimento e eu tive que aprender para viver melhor, não como gay, mas como ser humano.

Seus pais, minha linda, precisam de tempo...não é qualquer pessoa...é a filha deles!

Você terá 70 anos, 4 filhos, dezenas de netos e ainda assim será isso aí que você viu...um bebê. Um bebê desprotegido, que vai sofrer muito com o preconceito social, que vai sofrer no trabalho, na rua...é isso que passa na cabeça deles...ou você acha que sua mãe, se tivesse a oportunidade, já não teria colocado você de volta na barriguinha dela???

Entenda...uma hora isso passa. Ela vai ver na TV, nos jornais...verá o que eu não vi quando era criança...verá uma sociedade evoluída, que trata pessoas como iguais que efetivamente são...

Quanto às suas providências, se você tiver uma boa relação com seus pais, sugiro que os procure e converse sinceramente com eles, inclusive dessa sua falta de certeza sobre a qual me falou. Seja aberta, aguarde gritos, sermões, mas seja firme. Fale para eles que você é muito nova e que tem um mundo de conhecimento pela frente, onde seus horizontes podem se expandir ou não a depender da atitude deles. Você não deixará de ser filha deles.

Caso não tenha uma boa convivência, sugiro procurar um parente ou mesmo um local para ficar e dividir com uma amiga.

É difícil, minha querida...é extremamente difícil...uma amiga minha foi expulsa de casa, o pai dela disse que não queria vê-la na frente dele por cinco segundos sequer...ela pegou a malinha dela e se mandou. Pelo que as meninas disseram, ela foi para a Casa do Estudante, se virou nas casas de amigas, até que encontrou nos concursos a válvula de escape dela. Estuda hoje diariamente...está se formando em Direito, é servidora federal, ganha muito bem, obrigada. A relação com a família, claro, hoje é outra...

Amiga...o que quero dizer é isso...se você tiver como se virar, vá, mas se houver uma forma de amenizar a situação, procure seus pais e converse com eles. É importante isso...não saia apenas e dê as costas...mesmo que tenha saído contra sua vontade, procure. Engula seu orgulho e fale com eles direito, porque você abriu sobre uma coisa da qual nem mesmo tem certeza...vá nem que seja para pegar suas coisas e se despedir, mas vá.

Se um dia você tiver certeza, amiga, pode crer...verá que procurar seus pais foi uma medida acertada, era o que deveria ter feito mesmo, ainda que fosse para dizer que realmente está saindo de casa.

Abraço grande, boa sorte...

Em que Estado você está? Posso ver se arrumo alguma amiga que possa lhe dar uma mãozinha!

Kika



Escrito por Kika às 09h51
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Amigas,

Boa noite! A noite está linda...a lua, embora não esteja cheia, está maravilhosa...

Venho me recuperando de uma senhora gripe, por isso as histórias foram pubicadas com espaço de tempo, mas estou voltando a todo pique!!

Hoje publico a história de uma amiga que se encontra meio confusa...vejamos!

 

"Oi Kika como vai eu amo seu blog e muito bom ,tenho que te contar que estou com muitas duvidas ,com minha orientaçao sexul ,ja sentia uma atraçao por mulheres antes mais estes tempos figuei com uma pela primeira vez, ficamos 1 meses , mais este meses foi engrivel pra mim , mais separamos pq a namorada dela pediu pra volta, figeui muito triste com isso , que por cima a namorada dela nao mora aki mora em SP,e faz 8 meses que elas namorao ,fico triste pq estou aki perto dela , agente e so amigas agente se conprimenta mais nd , vejo todos os dia,tenho saudades nao aguemto mais choro todos os dias sinto falta do seu beijo , ja figuei com outras meninas e outros homens , mais nao esgueso , eu seu que ela gosta muito da namorada , poriso que nao falo nd eu sei que nao vou ter chases contra a namo dela.....Kika me ajuda to sofrenddo muito com isso oq eu fasso ..........bjz"

 

Minha querida...o que é isso...

Sinto nas suas linhas uma urgência em ter essa garota de qualquer maneira, quanta precipitação! Atitudes impensadas geram arrependimento...e envelhecem a gente de tanta preocupação, então para evitar as indesejáveis rugas de expressão na sua testa, viva a vida de maneira leve!

Olha...uma coisa eu aprendi com os anos...o que é destinado, nessa vida, para ser seu, ninguém tomará. Se todos os passageiros de uma aeronave morrem e somente sobrevive você, é porque você não deveria morrer naquele instante. As coisas acontecem somente quando devem acontecer.

Tenho uma amiga que não anda de elevador por nada no mundo. A gente deve entender...é trauma, é pânico, é medo, é pavor...mas a verdade é que ela pode despencar de um elevador desses, ou simplesmente morrer engasgada num shopping center, num dia de plena felicidade.

Quem vive com medo de morrer, morre de medo de viver. Aprendi isso às custas de sacrifícios na vida.

Se essa menina foi para seus braços e neles ficou por um mês, foi por algum motivo. Quem sabe ela não foi para lhe mostrar algo, mostrar esse mundo tão diverso do mundo hétero. Quem sabe ela não foi a precussora, a pessoa que abriu seu caminho...e se ela ama a namorada, minha cara, não tente violar esse sentimento.

Eu sei, amiga...é duro...queria eu dizer para você: você a ama? Quer que ela fique com você? Vai em frente, lute "contra a namorada dela", como você sugeriu. Só que essa luta que você menciona é uma luta inglória, meu amor...é uma luta que você trava contra a pessoa que você gosta, porque todos nós seguimos nossa própria vida através do livre arbítrio...você deseja que ela gostasse de você e não da namorada...seria muito bom que as coisas fossem assim...queria que ela gostasse de mim...queria gostar daquela, não dessa...mas isso não acontece, amiga.

Faça suas orações, se for da sua crença. Siga sua vida, arrume-se, estude, se aprimore, melhore como pessoa, procure sempre suas melhoras. Se a tem como objetivo, vai cultivando seu jardim e um dia ela poderá vir para você, mas jamais cogite tirá-la da namorada.

Primeiro, você pode não conseguir e se frustrar...segundo, você pode até conseguir, mas jamais será feliz construindo sua felicidade sobre a infelicidade alheia...minha amiga, não deseje ficar com ela, deseje ficar com quem possa amar você...e isso poderá implicar em uma relação com qualquer pessoa nesse mundo, inclusive com ela também, mas quem vai dizer o tempo e as circunstâncias é ela, não você.

Não há nada que você possa fazer, amiga...só esperar que um dia ela venha para você, isso se você deseja esperá-la. Aconselho, no entanto, que você viva sua vida. Muito melhor, querida, que você fique com ela em um momento onde as duas possam ficar juntas sem dores, ressentimentos, dor das pessoas envolvidas. O amor pode ser pleno dessa forma, acredite.

Amiga, não vou dizer que desejo que você fique com ela, porque não é verdade. Eu desejo que Deus lhe dê o que for melhor para você e isso pode ou não ser essa mulher.

Beijo querida...fique em paz!

Kika



Escrito por Kika às 22h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]